quinta-feira, 3 de junho de 2010

Quando algo começa, geralmente não fazemos ideia de como vai terminar. A casa que queríamos vender torna-se a nossa casa e o caso de uma noite que queriamos esquecer torna-se no amor da nossa vida. Passamos a vida preocupados com o futuro; a planear o futuro; a tentar prever o futuro... Como se saber pudesse aparar o golpe.
Mas o futuro está sempre a mudar; o futuro alberga os nossos maiores receios e as nossas maiores esperanças. Mas uma coisa é certa: quando por fim se revela, o futuro nunca é como o imaginámos.


7 comentários:

  1. Sim o futuro nunca é como idealizamos.. Mas todos os nossos passos e lutas de hoje serão essenciais para o que seremos amanhã.

    ResponderExcluir
  2. e sabes que escrves super bem minha bebe? *

    ResponderExcluir
  3. este texto está perfeito e tudo o que está escrito tem o seu real sentido, tudo é verdade. uma das coisas que tanto me faz questionar é porque é que passamos a vida a prever o futuro sem aproveitar realmente o presente e o grande problema da minha vida é ter começado a amar o caso de uma noite e não o conseguir esquecer.
    adoro os teus textos ;)

    ResponderExcluir
  4. planear algo q tá pa vir é um absurdo. saboreia cada dia, devagarinho*

    ResponderExcluir
  5. ainda bem que gostas, a mim também *.*

    ResponderExcluir
  6. adorei mm. deixa ir, o futuro ng o espera*

    ResponderExcluir

meus seguidores.