sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O maior amor não tem de ser, necessariamente, o mais sofrido, nem o mais chorado ou dramático, mas sim aquele que se traduz em paz e dá segurança e alegria pra enfrentar os precalços do quotidiano; O maior amor é aquele que nos deixa felizes, aquele em que, tacitamente, se sabe da troca, da atençao recíproca, aquele onde os gestos, as palavras e as intençoes são cuidadosas, voltadas para o conforto mútuo, sem egoísmo ou esforço algum. O nosso amor é o maior.

meus seguidores.