sábado, 31 de março de 2012

Eu não amadureci ao comemorar os meus aniversários, a cada ano que passou... Eu amadureci porque chorei noites inteiras e consegui acordar a sorrir; amadureci porque caí várias vezes e consegui levantar-me sem pedir ajuda; amadureci quando aprendi a virar as costas e ignorar aos idiotas que falam mal de mim; amadureci nos momentos em que parecia não haver uma única saída e mesmo assim eu não me acobardei e segui em frente, fui à luta, com garra, com determinação, com vontade.
Atropelei os meus sonhos, venci as minhas mágoas, convivi com os fracos, suportei os falsos e hoje sei a força que tenho para enfrentar os obstáculos porque, de tanto cair, aprendi a derrubar, a erguer a cabeça, a valorizar quem me respeita. Aprendi a não dizer "isso não vai acontecer comigo", porque a vida tem uma maneira estranha de nos mostrar que estamos errados.



7 comentários:

  1. Nas nossas caminhadas aprendemos a cair e a levantar, a dar e a receber, a ouvir e a estar em silêncio, a perdoar e a compreender para que saibamos crescer equilibradamente.

    ResponderExcluir
  2. olá querida , gosto e estou a seguir *

    ResponderExcluir
  3. Um fim de semana leve, calmo e harmonioso, flor. (F)

    http://amar-go.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. e a vida tem ainda uma maneira estranha de pôr pessoas como tu no meu caminho! e só assim de raspão, amadureces todos os dias, tu e essa personalidade forte, q me fazem acreditar q p sempre ctg é pouco! sabes, né?
    ***

    ResponderExcluir
  5. E é assim mesmo que se amadurece não com a ideia mas com as lições que a vida nos dá.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do texto.
    A vida é mesmo assim. Faz-nos aprender com as experiências, com os obstáculos, os fracassos...

    ResponderExcluir

meus seguidores.