terça-feira, 28 de agosto de 2012

maldito cérebro

Maldito cérebro, guardas tudo, desde momentos, cheiros, conversas, sorrisos, olhares lugares, TUDO. Isto torna-se tão paradoxo e irónico porque, apesar de guardar boas coisas, também guarda as más ou as que queremos esquecer, apagar da memória (fuck that shit). É que essas memórias permanecem mais vivas do que fotografias, até ao mais pequeno detalhe. Mesmo que já não seja tão doloroso relembrar, esse gajo insiste em abrir a ferida ou em acentuar a cicatriz. O mais estranho e sarcástico? é o facto de nos esquecermos de coisas tão importantes de lembrar e não sermos capaz de esquecer coisas como estas; eu começo mesmo a achar que somos alvos de sátira por parte desse estúpido órgão. Enfim, Ele tem a tendência de se lembrar de coisas totalmente desnecessárias, até mesmo tendências masoquistas. É inevitável...

5 comentários:

  1. caguemos nisso! tnh tendências masoquistas ctg, q tal?

    ResponderExcluir
  2. O teu blog está muito bom , podes divulgar o nosso : http://onedirectionpbgv.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Entendo exactamento como te sentes, infelizmente quer o nosso cerebro, quer o nosso coração não sabem apagar as coisas más da vida e mesmo nós acabamos por sofrer cada vez mais ao nos relembramos de cada ferida e a dor volta e instalá-se de novo mas o caminho é para a frente e um dia iremos nos lembrar mais das lembraças positivas, um dia isso terá que acontecer. :)

    ResponderExcluir
  4. Pena que não dá pra formatar a cabeça de vez em quando...

    ResponderExcluir
  5. Diana,
    De fato seria genial que apenas o nosso pensamento se debruça-se nas memórias felizes e, que nos adorna-se de colorações delicadas a nossa alma.

    Ana

    ResponderExcluir

meus seguidores.